Por que as lunações são importantes?

Lunação é o tempo entre uma lua nova e outra. Na Astrologia a Lua está ligada às emoções, ao feminino, à mãe, ao que te nutre, a sua psique. Como você reage emocionalmente ao que acontece contigo? Como você se adapta a novas situações? O Sol está ligado ao seu Ego, a quem você verdadeiramente é na essência, independente do meio em que vive, da família, dos amigos ou das condições financeiras.

Na lua nova temos a junção dessas duas forças: a sua verdadeira vontade ligada às suas emoções. Cada fase da lua (nova, crescente, cheia e minguante) traz em si a força do Sol e da Lua, entretanto eles “conversam” de maneira diferente apontando para uma direção especifica. Por muitos séculos esses momentos guiaram a agricultura, a pesca, a fertilidade.

Dentro do contexto astrológico as lunações são importantes porque elas marcam os inícios e finais de ciclos. Podemos utilizar esses momentos de força de maneira proativa em nossas vidas analisando onde o trânsito se posiciona em relação ao nosso mapa natal.

Por exemplo: a Lua Nova que estamos vivendo hoje, que começou a exatos 8˚15“ de Aquário está ligada aos eclipses que acontecerão durante o ano de 2017 no eixo Leão – Aquário.

No dia 12 de janeiro tivemos uma grande cruz cardinal (mapa abaixo) ligada à Lua Cheia em Câncer. Signos cardinais apontam para os novos inícios. Tivemos um ápice emocional para darmos inicio a uma nova jornada. A lua estava em oposição a Plutão em Capricórnio mostrando que devemos transformar nossas emoções de maneira profunda. Isso acontece principalmente em relação as nossas estruturas – tanto sociais, financeiras, familiares, amorosas – que nos prendem causando medos e angustias quando pensamos em perdê-las. Analise bem os grupos com quem anda pois essa mudança pode iniciar por ai. De que maneira? Reavaliando as amizades, grupos de trabalho e estudos por exemplo, procurando pessoas que tenham mais a ver com você, unindo-os por idéias e pensamentos em comum.

Os aspectos tensos que apontam para a transformação entre Plutão, Jupiter e Urano estão presentes em ambos os mapas. No da lua nova em aquário (mapa abaixo), temos a participação de Mercúrio em Capricórnio fazendo parte da quadratura em T. Ou seja, nossa capacidade de expressão e de raciocino está mais pragmática, com foco a longo prazo. Isso  auxilia a colocar em pratica nossos projetos.

Cada fase da Lua representa um momento especifico a ser trabalhado conforme o resumo abaixo:

Lua Nova

Quando Sol e Lua se encontram no mesmo grau. Excelente momento para iniciar nossos projetos.

Lua Crescente

Sol e Lua formam uma quadratura (angulo de 90˚). Esse aspecto está associado a uma tensão, porém como está aumentando e indo de encontro a uma Lua Cheia, é favorável para que os assuntos da casa em que estão posicionados floresçam e se destaquem.

Lua Cheia

Quando Sol e Lua estão em oposição exata de 180˚.Ela acontece no signo oposto ao da Lua Nova mostrando assim a iluminação e exposição dos assuntos iniciamos nessa lunação.

Lua Minguante

Quando Sol e Lua voltam a se encontrar no angulo de 90˚, porém agora em movimento de finalização. Bom momento para términos e para se livrar do que não te serve mais.

É claro que esse é um conceito geral. Tudo depende de onde ela cai em trânsito no seu mapa natal. Quais planetas e casas são ativados? Faz aspectos favoráveis ou tensos? Infelizmente não existe receita de bolo em Astrologia. Cada mapa é individual e deve ser analisado de maneira holística e sistêmica.

 

Nemi

 

-Imagem by Freepik e Mapas do astro.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *